Publicidade

Treinamento Intervalado no Basquete








O basquete é composto por habilidades específicas quer sejam contínuas ou intermitentes, onde companheiros de equipe, adversários, limites de tempo e espaço determinam uma imprevisibilidade, tornando-o um dos esportes mais dinâmicos e variados do mundo.

O Basquetebol vem se desenvolvendo ao longo do tempo, tornando-se um desporto de técnicas, táticas e qualidades físicas complexas, minuciosas e que vislumbram a maximização dos resultados, derivando na necessidade de uma adequada preparação física para a sua prática, sendo que os envolvidos nesses processos necessitam de um conhecimento aprofundado acerca dos tipos de esforços e trabalhos realizados.

  Em termos de movimentação, o Basquetebol pode ser considerado bastante completo, por utilizar uma rica combinação das habilidades motoras naturais do repertório do ser humano, e que envolve uma variedade de movimentação associada à manipulação de bola, deslocamentos, saltos, corridas e a interação com outros atletas, qualificando-se como um desporto que exige um conjunto de aptidões físicas, perceptivas e cognitivas, em face à alta intensidade, ao padrão de precisão, implícitos nos esforços dos praticantes.

Assim, o desporto se caracteriza por esforços alternados, períodos curtos de recuperação ativa, e até mesmo de recuperação passiva (a exemplo de quando o atleta é substituído e nas muitas paralisações da partida), onde tal alternância entre uma série de estímulos submáximos, com períodos de intervalo proporcionam possibilidades de recuperações, frente aos estímulos aplicados, sendo princípio básico do método de treinamento conhecido como - intervalado.

O treino intervalado de alta intensidade conhecido com HIIT (High Intensity Interval Training), nada mais é que atingir o máximo de intensidade nos treinos e exercícios, e no momento seguinte continuar se movendo mais com uma intensidade menor, ou seja, o período de descanso continua sendo ativo.

No Basquetebol, apesar das movimentações serem complexas para a análise das variáveis fisiológicas, por apresentarem várias combinações, com e sem o domínio de bola, ao se observá-las, é possível verificar a presença de movimentações de altas, médias e baixas intensidades, sendo freqüentes a realização de sprints, a exemplo dos contra-ataques, caracterizados como movimentos de alta intensidade. Em ataques organizados, por exemplo, os jogadores realizam movimentações de média e baixa intensidade.

Portanto, o Basquetebol apresenta uma formação "mista" de energia, com predomínio de movimentos intermitentes, onde o conhecimento dessas apresenta grande significado para o preparador físico, pois as mesmas podem influenciar na técnica dos jogadores e na tática das equipes.

O treinamento objetivando facilitar as adaptações metabólicas exige a participação em programas bem planejados, com vistas a vários fatores, como a frequência e a duração das sessões de trabalho, tipo de treinamento, velocidade, intensidade, duração e repetição das atividades e intervalos de repouso.

O treinamento deve ser voltado tanto para o metabolismo anaeróbio, que apresenta ser altamente relevante para a performance do jogador, quanto para o aeróbio, importante para a sua recuperação; pois, uma boa capacidade aeróbia capacita o atleta a diminuir a formação de lactato e/ou a tolerar altos níveis, e, no exercício intermitente a performance é relacionada à habilidade do atleta não só em realizar exercícios intensos, e, sim, de realizá-los deforma repetitiva.

Curso Prescrição do TREINAMENTO HIIT baseado em Evidências Científicas

O curso Prescrição do TREINAMENTO HIIT baseado em Evidências Científicas é destinado a Profissionais da Educação Física que desejam prescrever o TREINAMENTO HIIT com segurança e embasamento científico. Clique aqui e saiba mais!


Comente:

Nenhum comentário