Publicidade

Técnico dos Bulls é multado por críticas em relação à arbitragem






Depois de criticar a atuação da arbitragem ao final do jogo número 3 da série entre Chicago Bulls e Miami Heat, o técnico Tom Thibodeau, dos Bulls, foi multado em 35 mil dólares, como anunciou Stu Jackson, vice-presidente executivo de basquete da NBA.

"Eu vejo como as coisas estão indo, eu assisto bem de perto. Nós não vamos ter faltas marcadas a nosso favor, essa é a realidade", disse o treinador, após a derrota dos Bulls por 104 a 94, no United Center, em Chicago (EUA).

Thibodeau ficou incomodado com as chamadas marcadas contra a sua equipe. Depois que Nazr Mohammed saiu da partida por conta de um lance no qual empurra LeBron James, do Miami Heat, o treinador do Chicago Bulls disse que James estava encenando.

"Do meu ponto de vista, eu vi um cara basicamente tentando forçar a situação", disse Thibodeau, se referindo a LeBron James. "Eu não acho que merecia uma expulsão. Eu entendo que é uma falta flagrante. Mas expulsão, não, de jeito nenhum", completou o comandante da franquia de Illinois, falando sobre a punição ao atleta de sua equipe.

O duelo entre Heat e Bulls foi, até agora, cheio de faltas técnicas e expulsões de jogadores, e os técnicos e jogadores acreditam que a situação vai continuar.

"Playoffs de basquete", disse Thibodeau, após o treino deste domingo. "É normal", finalizou.

A partida número 4 da série entre Chicago Bulls e Miami Heat, válida pelas semifinais da Conferência Leste, será disputada nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília), no United Center, em Chicago (EUA). No momento, o time da Flórida está vencendo o confronto por 2 a 1.




Comente:

Nenhum comentário