Publicidade

Donos da NBA votam contra mudança do Sacramento Kings para Seattle






Nesta quarta-feira, os donos das 30 franquias das NBA se encontraram e votaram contra a proposta da mudança do Sacramento Kings para a cidade de Seattle (EUA), que não tem um time na liga desde 2008, quando os Supersonics migraram para Oklahoma City e viraram o Thunder. A votação fechou com 22 votos contra e apenas oito a favor da venda da franquia de Sacramento para o grupo liderado por Chris Hansen.

"A família Maloof tem o direito de manter sua propriedade e minhas expectativas são de que possamos chegar a um acordo entre os Maloofs e o Grupo Ranadive, que deseja comprar a equipe e mantê-la em Sacramento", disse David Stern, comissário da NBA, se referindo ao possível acordo com outro grupo de proprietários. "Vamos conversar com os Maloofs e ver se nas próximas 24 a 48 horas conseguimos facilitar essa negociação pela franquia de Sacramento. O comitê que tratou da situação adotou o pensamento de que se a comunidade de Sacramento poderia criar um time economicamente forte e contar com o apoio que o prefeito (Kevin) Johnson vem oferecendo, a decisão seria manter a equipe em Sacramento. E foi isso o que eles fizeram", completou.

O grupo liderado por Vivek Ranadive, que deseja manter o time em Sacramento, teria tido todas as suas ofertas negadas até agora e, na semana passada, os Maloofs, proprietários dos Kings, teriam aceitado a proposta de 625 milhões de dólares do grupo liderado por Hansen, que quer levar os Kings para Seattle. Porém, os votos desta quarta cancelaram a venda da família Maloof para o grupo de investidores de Seattle.




Comente:

Nenhum comentário