Publicidade

Bicampeões mundiais de basquete celebram 50 anos do título com almoço






Um almoço com a presença de oito dos nove bicampeões mundiais de basquete em 1963 ainda vivos marcou a comemoração do título, ontem, em São Paulo. Estiveram presentes Paulista, Jatyr, Amaury Pasos, Menon, Wlamir Marques, Fritz, Sucar e Mosquito.

Por conta de compromisso nos Estados Unidos, Victor Mirshwaska foi representado pelos seus filhos.

Todos foram homenageados pela CBB com um modelo atual da camisa da Seleção Brasileira personalizadas com seus nomes.

- É gratificante esta homenagem. Deixamos algo para o país. É a conquista mais importante do nosso basquete. Na final, batemos os Estados Unidos, que tinha nove jogadores que depois fizeram sucesso na NBA - afirmou Amaury Pasos.

- Acho que no futuro dificilmente alguma Seleção Brasileira conseguirá fazer o que fizemos. Esta celebração é merecida. Não é todo dia que se completa 50 anos - afirmou Wlamir Marques, referindo-se à conquista de 25 de maio de 1963, no Maracanãzinho.



Comente:

Nenhum comentário